Teranóstica - terapia e diagnóstico juntos como aliados no tratamento do câncer de próstata e tireoide - REDE MATER DEI DE SAÚDE
Sobre o Mater Dei » Fique por dentro » Notícias Institucionais » Teranóstica - terapia e diagnóstico juntos como aliados no tratamento do câncer de próstata e tireoide

Teranóstica - terapia e diagnóstico juntos como aliados no tratamento do câncer de próstata e tireoide


Atualmente, a medicina nuclear no Brasil está passando por grandes modificações. Essa especialidade médica, não muito conhecida pelo público, vem se tornando cada vez mais, ferramenta fundamental para o diagnóstico e tratamento do câncer.
 
Essa conquista se deve principalmente ao desenvolvimento de novas moléculas que permitem a criação de novos radiofármacos empregados na TERANÓSTICA. Esse termo é um neologismo, ou seja, a junção de duas palavras, terapia e diagnóstico. O fundamento da TERANÓSTICA se baseia na utilização de uma mesma molécula tanto para o diagnóstico, como para a terapia de um determinado tipo de tumor, mudando-se apenas o tipo de radioisótopo utilizado. Um exemplo dessa grande inovação da ciência médica são os ligantes do receptor PSMA (Antígeno de Membrana Específico da Próstata).
 
A expressão do receptor PSMA é diretamente proporcional à malignidade do câncer de próstata. Assim, a molécula PSMA torna-se interessante para obtenção de diagnóstico e terapia, ambos específicos e sensíveis, para o câncer de próstata.
 
Atualmente no Brasil, já estão disponíveis no mercado, ligantes do receptor PSMA para diagnóstico e terapia, são eles respectivamente PSMA - Gama e PSMA - Lutécio, sendo eles empregados nos procedimentos de diagnóstico e terapia do setor de medicina nuclear da Rede Mater Dei de Saúde.
 
Outro exemplo de radiofármaco que também é utilizado para TERANÓSTICA há mais tempo na medicina nuclear brasileira é o Iodo-131 para diagnóstico e tratamento do câncer da tireoide. Esse radioisótopo é um emissor tanto de radiação gama, empregada para diagnóstico por imagem, quanto radiação beta negativo, utilizada para tratamento do tumor na tireoide. Assim, com a utilização desse radiofármaco são alcançados resultados de grande impacto positivo na melhoria da qualidade de vida do paciente. 
 
A Rede Mater Dei de Saúde, possui protocolos preconizados pela Sociedade Brasileira de Medicina Nuclear (SBMN) e protocolos internacionais para a realização dos procedimentos empregados na rotina da Medicina Nuclear reforçando a excelência do serviço prestado e o compromisso com a qualidade pela vida.
 
A Rede Mater Dei de Saúde, vem contribuindo com o mais avançado e moderno para o diagnóstico e tratamento do câncer, através da utilização da Teranóstica, um método mais específico e eficaz no tratamento do câncer, desenvolvendo assim a medicina personalizada, o que garante um prognóstico ainda melhor aos pacientes.
 
Além dos atendimentos no Mater Dei Santo Agostinho e Mater Dei Contorno, o serviço de Medicina Nuclear agora também está disponível no Mater Dei Betim-Contagem. Agende o seu exame conosco! Ligue (31)3339-9000 ou acesse www.materdei.com.br
 


 

Publicado em: 08/06/2021

Este conteúdo foi útil pra você? Sim Não
Obrigado pelo feedback. Sua opinião nos ajuda a criar um site melhor a cada dia.

Este post é sobre Notícias institucionais

Posts Relacionados

08 Novembro 2021

Saiba quais são os principais tipos de...

Estes também são os tipos de câncer mais comum na população masculina, que tem muitos casos agravados devido à negligência na procura por ajuda médica e tratamento precoce, além de preconceitos comuns do sexo masculino. Conheça os tipos de câncer mais...
17 Novembro 2021

Alergia a medicamentos: trabalho...

Em outubro de 2021, ocorreu de maneira virtual o XLVIII Congresso Brasileiro de Alergia e Imunologia, evento que teve como tema a “Biodiversidade e Doenças Imunoalérgicas”. Foram publicados na Revista da Sociedade Brasileira de Alergia e Imunologia, em conjunto...
04 Julho 2016

Pronto-socorro oncológico: atendimento...

Para garantir amplo atendimento aos pacientes oncológicos em todas as fases do tratamento, a Rede Mater Dei de Saúde inaugurou, em 2015, o primeiro Pronto-socorro Oncológico de Minas Gerais e o segundo do país, funcionando dentro de um hospital geral.