Grande parte da prevenção contra o câncer de pulmão está nas suas mãos - REDE MATER DEI DE SAÚDE
Sobre o Mater Dei » Fique por dentro » Notícias Institucionais » Grande parte da prevenção contra o câncer de pulmão está nas suas mãos

Grande parte da prevenção contra o câncer de pulmão está nas suas mãos


De acordo com dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA), o câncer de pulmão é o segundo mais comum em homens e mulheres no Brasil, perdendo apenas para o câncer de pele não melanoma. Dessa forma, o objetivo da campanha do Agosto Branco é conscientizar a população sobre a necessidade de prevenção, diagnóstico e tratamento da doença.
 
O tabagismo é a principal causa deste tipo de câncer, por isso, a melhor forma de prevenção é a abstinência do tabaco. Não fumar e evitar exposição à poluição são alguns dos cuidados necessários e relevantes para a prevenção contra a doença. Além disso, manter uma vida saudável também é importante para se manter livre não apenas do câncer de pulmão, mas sim, diversos outros tipos de câncer.
 
A campanha é importante para alertar a todos, mas principalmente os fumantes, de que abandonem o hábito e procurem um médico na presença de qualquer sintoma respiratório, como explica o Coordenador da equipe de Cirurgia Torácica I da Rede Mater Dei de Saúde, Marcelo Juntolli: “Sintomas como escarro com sangue, dor no peito, falta de ar, perda de peso, perda de apetite e mudanças no padrão da tosse são sinais de alerta para a doença”.

Além disso, o médico pneumologista da Rede Mater Dei de Saúde, Bruno Horta, explica que o acompanhamento médico é essencial: “Com a orientação de um especialista é possível evitar um diagnóstico tardio em fases mais complexas da doença. Iniciando o tratamento em fase precoce é possível prevenir uma série de complicações e assim, aumentar a chance de cura e êxito no tratamento”, diz o médico.
 

Rede Mater Dei de Saúde é a única, em Minas Gerais, a oferecer o exame de Ecobroncoscopia 

 
A Rede Mater Dei de Saúde busca sempre inovar e incorporar novas tecnologias para garantir a melhor assistência aos pacientes, por isso, o exame de ecobroncoscopia da Rede Mater Dei foi o primeiro em atividade em Minas Gerais.
 
Segundo Daniel Bonomi, as equipes foram habilitadas fora do país, em Chicago e Boston, nos EUA, onde estudaram e fizeram especialização sobre o procedimento. O médico reforça: “o EBUS é um exame fundamental para definir se existe o comprometimento da doença no mediastino. Se o paciente tem linfonodomegalias, ínguas neste local, é preciso comprovar se essas ínguas são ruins, de ‘doenças sérias’ ou de doenças benignas.” 

É preciso reforçar, segundo ele, “que nem todo paciente que tem linfonodomegalia no mediastino, necessariamente tem câncer de pulmão, mas é importante uma biópsia para afastar sarcoidose, linfoma, tuberculose, pois tudo isso faz parte da propedêutica, ou seja, dos exames feitos para diagnosticar as doenças respiratórias”, completa Bonomi.
 
No entanto, em casos positivos, o EBUS se torna uma ferramenta de avaliação do mediastino por via endoscópica, com o objetivo de detectar o estadiamento do câncer de pulmão. Além de saber onde a doença já afetou, é possível avaliar ainda se ela está apenas no pulmão ou se já se estendeu para as vias respiratórias. 
 
A ecobroncoscopia, ou também conhecido como EBUS, é um procedimento minimamente invasivo e com tempo reduzido de execução, onde o cirurgião torácico utiliza um aparelho de endoscopia associado a um ultrassom na ponta, permitindo examinar as vias áreas e todas as alterações do mediastino. O EBUS é fundamental em qualquer abordagem, principalmente de algumas lesões pulmonares, como o câncer de pulmão.
 

Publicado em: 30/08/2021

Este conteúdo foi útil pra você? Sim Não
Obrigado pelo feedback. Sua opinião nos ajuda a criar um site melhor a cada dia.

Este post é sobre Notícias institucionais

Termos relacionados Agosto Branco Cirurgia Torácica

Posts Relacionados

30 Agosto 2021

Grande parte da prevenção contra o...

De acordo com dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA), o câncer de pulmão é o segundo mais comum em homens e mulheres no Brasil, perdendo apenas para o câncer de pele não melanoma.
06 Setembro 2018

Inovação em cirurgia robótica

Cirurgia robótica torácica é realizada em criança menor de cinco anos no Mater Dei. A Rede foi pioneira no Brasil ao realizar o procedimento de alta complexidade
06 Setembro 2018

​Cirurgia robótica no Tórax

Uma das especialidades que utilizam o procedimento robótico é a Cirurgia Torácica, responsável pelo tratamento cirúrgico de pacientes que apresentam doenças nos pulmões e no tórax.