Teste do Pezinho Expandido: Detecção precoce de cerca de 90 doenças pode salvar a vida dos bebês - REDE MATER DEI DE SAÚDE
Sobre o Mater Dei » Fique por dentro » Notícias Institucionais » Teste do Pezinho: Detecção precoce pode salvar a vida dos bebês

Teste do Pezinho: Detecção precoce pode salvar a vida dos bebês

O dia 6 de junho é considerado o Dia Nacional do Teste do Pezinho, e a Rede Mater Dei de Saúde reforça a importância de realizar o exame logo nos primeiros dias de vida do bebê.

O Teste do Pezinho possibilita o diagnóstico precoce e a intervenção médica antes que as doenças investigadas se manifestem clinicamente nos recém-nascidos e crianças. “E essa detecção precoce muitas vezes é o que vai garantir uma evolução saudável da criança”, afirma o pediatra e coordenador do Serviço de Neonatologia da Rede Mater Dei de Saúde, Paulo Poggiali. 

 O Teste do Pezinho no Mater Dei começou a ser realizado em torno de 1986/87, cerca de cinco anos antes de o teste básico para Hipotireoidismo Congênito e Fenilcetonúria ser disponibilizado na Rede Pública brasileira (1992). O médico também destaca que em 1997, o Mater Dei já disponibilizava um Teste do Pezinho mais amplo, que permitia o diagnóstico precoce das doenças Hipotireoidismo Congênito; Fenilcetonúria; Anemia Falciforme e outras Hemoglobinopatias; Fibrose Cística; Hiperplasia Adrenal Congênita; Deficiência de Biotinidase; Galactosemia; Toxoplasmose Congênita e investigando ainda várias doenças metabólicas hereditárias, genéticas e erros inatos do metabolismo através da Cromatografia de Aminoácidos.

Atualmente a Rede Mater Dei já disponibiliza um Teste do Pezinho que amplia bastante a Triagem Neonatal, permitindo a investigação precoce de inúmeras outras doenças.

 A médica patologista e coordenadora do Laboratório de Patologia Clínica da Rede Mater Dei de Saúde, Flávia Massote, explica “que o exame é feito através do sangue colhido por uma punção do calcanhar do bebê, e o ideal é que seja  coletado até o 7º dia de vida para que não haja atraso diagnóstico”.

 Além disso, desde 2016, conforme relata a médica, foi disponibilizada a Triagem para SCID (Imunodeficiência Combinada Grave), teste comum em outros países e ainda pouco presente no Brasil. “SCID é uma condição genética que se manifesta como uma síndrome de infecções recorrentes e graves, que precisa ser tratada por transplante de medula óssea ainda no transcorrer dos três primeiros meses de vida . Por isso a necessidade de haver um diagnóstico precoce para que seja feita a intervenção imediata”.

 Em busca de sempre oferecer o que há de mais moderno aos seus pacientes e já com um "pezinho no futuro", a Rede Mater Dei disponibilizou, em janeiro de 2018, a Triagem Genética Neonatal (feita em amostra da saliva do bebê), inicialmente chamada de “Teste do 1º Dia”, e atualmente “Teste da Bochechinha”. De acordo com o Dr. Paulo Poggiali, o Teste da Bochechinha é mais um complemento no diagnóstico precoce de doenças logo quando a criança nasce. “Ele não substitui o Teste do Pezinho, mas amplia a triagem em mais de 300 doenças genéticas passíveis de algum tratamento que beneficie o paciente”.



ONDE FAZER O EXAME NA REDE MATER DEI 



Publicado em: 05/06/2020

Este conteúdo foi útil pra você? Sim Não
Obrigado pelo feedback. Sua opinião nos ajuda a criar um site melhor a cada dia.

Este post é sobre Notícias institucionais

Termos relacionados Teste do pezinho pediatria Mater Dei

Posts Relacionados

11 Novembro 2021

Tecnologia e inovação: Rede Mater Dei...

Com a Campanha Outubro Rosa, o debate sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de mama, que aumenta em até 90% a chance de cura da doença, ganhou força nos últimos dias. Para garantir um diagnóstico ainda mais preciso e seguro, a Rede Mater Dei de...
18 Fevereiro 2022

Síndrome de Asperger: conheça para...

Pediatra da Rede Mater Dei de Saúde explica quais são os principais sintomas e características que surgem ainda na infância
22 Novembro 2021

Hospital Mater Dei anuncia a...

Mater Dei anuncia mais um importante passo em direção à sua estratégia de consolidação de ativos de referência em suas localidades de atuação, por meio da aquisição de 99,6% do Hospital Santa Genoveva. Por meio de mais essa operação – que é a terceira...