Qualidade de vida para pacientes com câncer de próstata - REDE MATER DEI DE SAÚDE

Qualidade de vida para pacientes

Um grande aliado no combate ao câncer de próstata é a utilização do Cloreto de Rádio-223, um novo medicamento antineoplásico injetável, emissor de partículas alfa. A Rede Mater Dei de Saúde, por meio da Medicina Nuclear, oferece o tratamento, que é indicado principalmente para aqueles pacientes com câncer de próstata que não responderam ao tratamento que reduz os hormônios masculinos e que apresentam metástases ósseas sintomáticas.
 
Por ser muito semelhante ao cálcio, o rádio-223 se concentra nas áreas das metástases ósseas do câncer de próstata. São regiões que formam o osso e que, por isso, precisam de cálcio. “Sua propriedade química ‘cálcio-mimética’ permite que o elemento se deposite muito próximo às células metastáticas, emitindo sua partícula alfa de alta energia linear e que consequentemente realiza a quebra das moléculas de DNA dessas células”, explica o médico coordenador da medicina nuclear da Rede, Leonardo Lamego.

A utilização desse tratamento traz alguns benefícios para o paciente. Além de demonstrar melhora na sobrevida em estágio avançado da doença, é menos tóxico e tem baixa incidência de efeitos colaterais, apresenta ainda importante alívio da dor, consequentemente aumento da qualidade de vida.

Tratamento integral para o câncer de próstata
Pacientes com suspeita ou já diagnosticados com câncer de próstata contam, agora, com atendimento multidisciplinar e integrado em Belo Horizonte específico para esse tratamento. O Mais Saúde Mater Dei possui o Núcleo Integrado da Próstata (NIP), serviço que disponibiliza, em um único atendimento, equipes de Urologia, Radioterapia e Oncologia Clínica da Rede. As consultas acontecem às segundas-feiras, entre 13h30 às 15h30. O agendamento pode ser feito por telefone: (31) 3339-9595.

A medicina nuclear na Rede
A Medicina Nuclear é uma especialidade médica que usa pequenas quantidades de radioisótopos para diagnosticar, acompanhar  doenças do coração, glândulas (tireoide, paratireoides, adrenais, salivares), ossos, rins, pulmões e cérebro dentre outros órgãos, na atualidade algumas terapias também são realizadas, como o câncer de tireoide e tumores neuroendócrinos. Os exames realizados nesses órgãos são praticamente não invasivos, realizados em modernas Gama Câmaras e são chamados de Cintilografias, e buscam demonstrar o funcionamento, dos órgãos detectando precocemente algumas patologias.

Tem grande ligação com a Oncologia já que é capaz de diagnosticar, acompanhar o tratamento cirúrgico e quimioterápico além de planejar a radioterapia de tumores malignos (Câncer) com grande precisão através do Exame de PET-CT FDG, PET CT Ga 68 PMSA, PET CT Ga 68 Dotatoc.

RESPONSÁVEL:
Leonardo Lamego Rezende
Coordenador da Medicina Nuclear da Rede Mater Dei de Saúde
CRM: 25816


 

Publicado em: 20/03/2019

Este conteúdo foi útil pra você? Sim Não
Obrigado pelo feedback. Sua opinião nos ajuda a criar um site melhor a cada dia.

Este post é sobre Saúde e Bem estar

Posts Relacionados

20 Março 2019

Qualidade de vida para pacientes

Um grande aliado no combate ao câncer de próstata é a utilização do Cloreto de Rádio-223, um novo medicamento que melhora a qualidade de vida em pacientes com câncer de próstata com metástases ósseas sintomáticas.
03 Novembro 2016

Câncer de Próstata: quando mais...

No Brasil, a estimativa é que ocorrerão 69 mil novos casos de câncer de próstata com, aproximadamente, oito mil novos casos em Minas Gerais, sendo 1.180 em Belo Horizonte.
08 Junho 2021

Teranóstica - terapia e diagnóstico...

Atualmente, a medicina nuclear no Brasil está passando por grandes modificações. Essa especialidade médica, não muito conhecida pelo público, vem se tornando cada vez mais, ferramenta fundamental para o diagnóstico e tratamento do câncer.