Covid-19 não é a única doença que precisa de atenção: Rede Mater Dei de Saúde alerta sobre a importância de estar atento a sintomas que não podem esperar - REDE MATER DEI DE SAÚDE
Sobre o Mater Dei » Fique por dentro » Notícias Institucionais » Covid-19 não é a única doença que precisa de atenção: Rede Mater Dei de Saúde alerta sobre a importância de estar atento a sintomas que não podem esperar

Covid-19 não é a única doença que precisa de atenção: Rede Mater Dei de Saúde alerta sobre a importância de estar atento a sintomas que não podem esperar

A pandemia trouxe ao mundo no ano de 2020 uma nova realidade que alterou não somente o modo como as pessoas interagem em seus vínculos interpessoais, mas também a relação com sua própria saúde. A apreensão de se contrair a Covid-19 faz com que as pessoas evitem procurar atendimento médico mesmo diante de sintomas que não devem ser negligenciados e, em decorrência disso, a saúde é muitas vezes prejudicada.
 
Apesar do isolamento social ser uma das medidas de extrema importância para o controle e diminuição do contágio do vírus, outras doenças continuam a existir e é essencial que as pessoas estejam atentas à prevenção, identificação e tratamento destas também. Para isso é imprescindível que o acompanhamento médico não seja postergado ao identificar sintomas e/ou apresentar mal-estar. 
 
A vice-presidente assistencial e operacional da Rede Mater Dei de Saúde, Márcia Salvador Géo, faz um importante alerta quanto a isso: “Temos recebido em nossos Prontos-socorros pacientes com doenças em estágio avançado e que se agravam devido à demora em vir ao hospital por medo de uma possível contaminação por Covid-19. Cirurgias adiadas também trazem risco de uma deterioração do quadro clínico, com um risco maior para o paciente. E aqui vai outro alerta: nem tudo que é eletivo pode ser adiado”, afirma a médica. 
 
A detecção precoce de doenças é um fator crucial para o tratamento e proporciona grandes chances de cura, como é o caso de doenças como o câncer, por exemplo. Por isso, campanhas de conscientização como Outubro Rosa e Novembro Azul, foram feitas a fim de incentivar as pessoas a se atentarem aos sintomas e procurar atendimento médico. 
 
Um exemplo dos danos de postergar atendimento médico é o aumento dos casos de infarto durante a pandemia. Lucas Lodi, cardiologista intervencionista da Rede Mater Dei de Saúde, avalia que essa demora na procura por atendimento médico pode ocasionar o aumento nos casos de morte por infarto no país. “Estudos realizados apontam uma queda de até 70% dos atendimentos por infarto nos hospitais no mundo todo, além de um aumento de até oito vezes no número de mortes por infarto em casa”, explica o médico.
 
Contudo, o diagnóstico precoce que pode ser obtido através da atenção aos sintomas, procura de atendimento médico e rastreamento através de exames, não deve ser uma prioridade e preocupação apenas nos casos exemplificados acima. Pensando nisso, a Rede Mater Dei de Saúde alerta frequentemente sobre a importância de não adiar a procura por atendimento médico, criando a campanha ‘Alguns Sintomas Não Podem Esperar’.
 
Fique atento à sua saúde e não deixe de procurar atendimento médico. Desde o início da Pandemia, a Rede Mater Dei de Saúde está preparada para atender a todos os pacientes. É um processo dinâmico tanto que, diariamente, o Comitê de Gestão de Crise multidisciplinar monitora os cenários (mundial, nacional e local), utiliza ferramentas de inteligência artificial para gestão de leitos e recursos e, com a Diretoria e as áreas assistenciais e administrativas, traça as melhores estratégias para garantir atendimento a todos os pacientes, com segurança e qualidade.
 
Os três Hospitais da Rede (Mater Dei Santo Agostinho, Mater Dei Contorno e Mater Dei Betim-Contagem) estão estruturados e preparados para atender a demanda, com protocolos de atendimento, fluxos separados e segurança para pacientes com Covid-19 e de outras especialidades médicas uma vez que existem sintomas, exames preventivos, procedimentos e cirurgias eletivas agendadas e rastreamento oncológico que não podem esperar.
 
Através de conteúdo online em vídeos e textos com especialistas referências na área, a campanha procura conscientizar e informar as pessoas sobre o cuidado e atenção para o bem mais precioso que possuem: a sua saúde. 
 
A Rede preparou em conteúdo interativo, uma lista de sintomas que não podem esperar, categorizada em 30 especialidades, entre elas: pediatria, geriatria, obstetrícia gravidez, ginecologia, hepatologia, cardiologia, cirurgia geral, entre outros. 
 
Clique aqui e confira o conteúdo na íntegra





 

Publicado em: 14/12/2020

Este conteúdo foi útil pra você? Sim Não
Obrigado pelo feedback. Sua opinião nos ajuda a criar um site melhor a cada dia.

Este post é sobre Notícias institucionais

Posts Relacionados

10 Maio 2021

Diretor do Mater Dei Betim-Contagem...

O médico e diretor-geral do Mater Dei Betim-Contagem, André Costa, participou como moderador e palestrante no 1º Congresso Brasileiro de Evidências Clínicas na COVID-19.
25 Agosto 2021

Saiba se você já foi ou está...

Durante o mês de agosto a Rede Mater Dei de Saúde está com preços especiais para realização do teste rápido IgM/IgG para COVID-19. Uma grande vantagem é que através deste teste, é possível saber se você já foi infectado pelo vírus a partir de 20 dias do...
22 Maio 2020

Rede Mater Dei é parceira de projeto...

Buscando minimizar a situação, a Tacom, empresa de soluções tecnológicas, desenvolveu o projeto social “Inspirar”, voltado para a construção de equipamentos respiradores em larga escala.