Rede Mater Dei é parceira de projeto inovador para a produção de respiradores - REDE MATER DEI DE SAÚDE
Sobre o Mater Dei » Fique por dentro » Notícias Institucionais » Rede Mater Dei é parceira de projeto inovador para a produção de respiradores

Rede Mater Dei é parceira de projeto inovador para a produção de respiradores

Uma das principais dificuldades enfrentadas nessa pandemia do novo Coronavírus é a falta de respiradores em leitos hospitalares. A quantidade existente no país não é suficiente para atender toda a demanda necessária e iniciativas para a resolução do problema são urgentes.

Buscando minimizar a situação, a Tacom, empresa de soluções tecnológicas, desenvolveu o projeto social “Inspirar”, voltado para a construção de equipamentos respiradores em larga escala. O aparelho está em fase de testes e logo será submetido à aprovação pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), sendo permitida a sua comercialização em larga escala a baixo custo.

A Rede Mater Dei de Saúde é parceira da empresa desde o início do projeto, há cerca de 60 dias, e disponibilizou médicos clínicos e intensivistas e a equipe do Setor de Engenharia Clínica para apoiarem, voluntariamente, o desenvolvimento do equipamento. “Fizemos sugestões do que precisávamos em um respirador que atendesse as necessidades dos pacientes e de segurança do aparelho. A partir daí, a equipe de engenheiros procurou soluções para o que pontuamos como essencial”, conta Anselmo Dornas, médico coordenador do Centro de Terapia Intensiva do Mater Dei Santo Agostinho e Contorno.

Na construção dos respiradores foram utilizados alguns equipamentos do Laboratório de Calibração da Rede Mater Dei de Saúde, para que os parâmetros estivessem ajustados corretamente. De acordo com o diretor geral do Mater Dei Betim-Contagem, André Costa, que prestou a assessoria clínica ao projeto, o conhecimento técnico dos colaboradores da Rede foi essencial. “Foram utilizados vários equipamentos nossos, como ventiladores, circuitos de ventiladores e equipamento de calibração e realizados testes em nosso laboratório, com o apoio dos nossos técnicos e engenheiros clínicos, que ajudaram no desenvolvimento do ventilador”, destaca. Além disso, a equipe clínica da Rede acompanhou os testes em suínos na Escola de Veterinária, da UFMG e a evolução do produto.  

Marco Antônio Tonussi, Diretor de Marketing e Mercado da Tacom, afirma que o objetivo era que o projeto fosse implementado o mais breve possível, que fosse prático e fácil de usar, com uma interface simples e que fosse escalável, possibilitando produção em alto volume. Segundo ele, no início estavam previstos 2.000 respiradores. Agora, a empresa pretende fabricar 10.000 equipamentos.

Sobre a parceria com a Rede Mater Dei de Saúde, o diretor da Tacom observa que “foi fundamental a participação da equipe médica e do corpo de engenharia que vem, inclusive, nos cedendo os equipamentos de teste como também equipe de técnicos”. Como os colaboradores do Setor de Engenharia da Rede possuem expertise na área, eles atuaram na empresa apoiando o desenvolvimento.

Para o presidente da Rede, Henrique Salvador, “o apoio a esse projeto, bem como a outras iniciativas nos deixam muito orgulhosos. Além de participar do Inspirar, cedemos parte do Mater Dei Betim-Contagem para a montagem de 180 leitos de CTI como uma extensão ao Hospital de Campanha do Estado de MG, para tratamento de pacientes graves com Covid-19, e estamos contribuindo na logística de compra de equipamentos de proteção individual para hospitais públicos do Estado, dentro do projeto Dias Melhores, que conta com empresários, artistas e influenciadores do Estado. Estamos completando 40 anos, em 1º de junho, com a certeza de que fazemos a diferença em Minas Gerais”, destaca.

O projeto Inspirar está na fase regulatória, ou seja, em busca do certificado da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para produção em larga escala. Dessa forma, estão sendo iniciados os testes em laboratórios credenciados pela Agência, em São Paulo e no Rio Grande do Sul. Paralelamente, no dia 20 de maio, foi realizado um teste no Laboratório de Calibração da Rede Mater Dei de Saúde para que o corpo clínico e equipe de engenharia fizessem a primeira análise do equipamento e emitissem um parecer sobre o funcionamento. “A ideia é reforçar o pedido da Anvisa com esse parecer da Rede Mater Dei e com outros testes para termos a maior robustez possível”, finaliza Marco Antônio Tonussi.

 

Publicado em: 22/05/2020

Este conteúdo foi útil pra você? Sim Não
Obrigado pelo feedback. Sua opinião nos ajuda a criar um site melhor a cada dia.

Este post é sobre Notícias institucionais

Termos relacionados Respiradores Covid-19 Mater Dei

Posts Relacionados

03 Novembro 2021

Rede Mater Dei de Saúde recebe medalha...

A Rede Mater Dei de Saúde recebeu a medalha que representa a condecoração de personalidades militares e civis e instituições, que contribuem de maneira ímpar para o engrandecimento do Instituto de Servidores Militares do Estado de Minas Gerais (IPSM), que se...
22 Novembro 2021

Hospital Mater Dei anuncia a...

Mater Dei anuncia mais um importante passo em direção à sua estratégia de consolidação de ativos de referência em suas localidades de atuação, por meio da aquisição de 99,6% do Hospital Santa Genoveva. Por meio de mais essa operação – que é a terceira...
11 Novembro 2021

Tecnologia e inovação: Rede Mater Dei...

Com a Campanha Outubro Rosa, o debate sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de mama, que aumenta em até 90% a chance de cura da doença, ganhou força nos últimos dias. Para garantir um diagnóstico ainda mais preciso e seguro, a Rede Mater Dei de...