Setembro Dourado: mês é sinônimo de conscientização sobre o Câncer Infantojuvenil - REDE MATER DEI DE SAÚDE
Sobre o Mater Dei » Fique por dentro » Notícias Institucionais » Setembro Dourado: mês é sinônimo de conscientização sobre o Câncer Infantojuvenil

Setembro Dourado: mês é sinônimo de conscientização sobre o Câncer Infantojuvenil


O mês de setembro é marcado pela campanha “Setembro Dourado” e o período é utilizado para fazer um alerta para as famílias e profissionais de saúde sobre a importância do diagnóstico precoce e tratamento do Câncer Infantojuvenil. 
 
De acordo com a Oncohematologista Pediátrica da Rede Mater Dei de Saúde, Karine Corrêa, a faixa etária mais acometida pelas neoplasias da infância são os primeiros cinco anos de vida. Ela também cita os tipos mais recorrentes. “As neoplasias mais comuns na infância são, em primeiro lugar, as Leucemias Agudas - ou também conhecidas como Câncer do Sangue e da Medula Óssea, que são malignas e afetam as células brancas do sangue. Elas podem infiltrar outros órgãos como os gânglios linfáticos, baço, fígado e sistema nervoso central, por isso, o diagnóstico precoce é tão importante”, diz a médica. Ela explica que suas causas não são totalmente conhecidas, mas alguns fatores de risco podem aumentar a chance de seu surgimento, como por exemplo, algumas síndromes genéticas (Down, Bloom, Fanconi). A exposição à radiação ionizante e a determinados produtos químicos durante a gestação também aumentam as chances de surgimento destas doenças. Outros tipos de tumores como os linfomas, os tumores sólidos do Encéfalo, os Neuroblastomas e os tumores renais, como o de Wilms, também são outras neoplasias frequentes nesta faixa etária.
 
Dessa forma, é preciso redobrar a atenção para alguns sinais e sintomas, como exemplifica a especialista, “Febre, manchas roxas pelo corpo que não estão associadas a traumas, dores de cabeça, crescimento de linfonodos (ínguas) não associados a um quadro inflamatório e/ou infeccioso, dores ósseas e dor abdominal junto ao aumento de volume do abdome são alguns dos sinais que geram alerta”.
 
Sintomas como estes são bem comuns em várias doenças da infância, o que gera uma grande dificuldade de rastreamento das neoplasias. Portanto, o acompanhamento pediátrico de rotina é essencial para que a criança seja referenciada a uma avaliação e tratamento imediato, aumentando assim suas chances de cura.
 
Karine Corrêa também explica que ter acesso a uma equipe multidisciplinar é essencial para uma melhor avaliação e, consequentemente, para o cuidado global com o paciente. Ela destaca que a Rede Mater Dei conta com o que há de melhor para o tratamento de pacientes oncológicos não só infanto juvenis, bem como para todas as faixas etárias: “A Rede Mater Dei possui diversas especialidades envolvidas para tornar o tratamento mais completo e eficaz. Oferecemos o melhor em cirurgia, se necessário, quimioterapia, radioterapia, imunoterapia e outras terapias alvo, como a utilização de anticorpos monoclonais em casos mais específicos. O transplante de medula óssea (TMO) está indicado para consolidação de tratamento em alguns casos de leucemias, linfomas, neuroblastomas e tumores de células germinativas” segundo a médica.
 
Conheça o Hospital Integrado do Câncer da Rede Mater Dei
 
O Hospital Integrado do Câncer da Rede Mater Dei de Saúde conta com o que há de melhor e mais moderno em tratamento médico-hospitalar, e conta com uma equipe multidisciplinar para os tratamentos da criança e do adolescente com câncer, que auxilia no acompanhamento diário, na avaliação e no acolhimento desses pacientes.
Sendo referência em Minas Gerais, o hospital possui diversas especialidades envolvidas no tratamento, atendendo às necessidades de cada paciente. 
Para mais informações ou agendar uma consulta, entre em contato através do telefone: (31) 3401-7490 ou através do WhatsApp (31) 99859-2384.
 
Karine Corrêa Fonseca
Oncohematologista Pediátrica da Rede Mater Dei de Saúde
CRM: 33824
 


 

Publicado em: 17/09/2021

Este conteúdo foi útil pra você? Sim Não
Obrigado pelo feedback. Sua opinião nos ajuda a criar um site melhor a cada dia.

Este post é sobre Notícias institucionais

Posts Relacionados

14 Agosto 2017

Fantasmas que nos assombram

Os cânceres matam milhares de brasileiros todos os anos. Muitos não dão qualquer sinal até chegar à fase avançada, dificultando ou até mesmo impossibilitando a cura
03 Novembro 2016

“Mater Dei na luta contra o...

Rede Mater Dei de Saúde realiza a 6ª edição da Campanha em celebração ao Dia Nacional de Combate ao Câncer.
02 Setembro 2016

Combate ao câncer infantojuvenil

Segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA), atualmente estima-se que, em média, 70% das crianças atingidas pelo câncer podem ser curadas. Para isso, especialistas afirmam que a definição de um diagnóstico precoce é imprescindível.